Abap-PB emite nota de repúdio à peça publicitária com imagem de garoto sírio

postado em: Blog | 0

Abap-PB emite nota de repúdio à peça publicitária com imagem de garoto sírioApós a polêmica gerada em torno de um outdoor criado pela GCA Comunicação, que mostra a imagem de um garoto sírio morto, a Associação Brasileira das Agências de Publicidade – seccional Paraíba (Abap-PB) decidiu se posicionar. No início da tarde desta quarta-feira (14), a entidade emitiu uma nota repudiando a peça, definida no texto como “desproporcional e desnecessária”.

Confira a nota na íntegra:

PUBLICIDADE NÃO É UM VALE TUDO

Em um fim de semana e feriado dedicados a nos lembrar da alegria e esperança que as crianças despertam na sociedade, a publicidade paraibana foi maculada com uma peça publicitária que pode ser definida como desproporcional e desnecessária.

A atividade publicitária tem como principal objetivo direcionar o interesse do público para determinadas marcas e, em quem é atingido por ela, despertar uma ação favorável à empresa, mas isso não nos exime da responsabilidade social de sempre sermos conduzidos pelo código de ética profissional e pelo bom senso. Não estamos em um vale tudo e, na sua vontade desenfreada de impactar, a agência extrapolou esses dois pontos. Acreditando estar fazendo um bom trabalho, acabou deixando evidente o despreparo profissional e chegando ao ponto de ser veiculado o outdoor nas principais avenidas da Capital sem a devida análise de como poderia repercutir. Agravando a situação, temos a exposição da fotografia sem o devido crédito e aparentemente sem a autorização do fotógrafo para uso da mesma.

A Associação Brasileira das Agências de Publicidade – seccional Paraíba (Abap-PB), repudia tal peça publicitária, alertando para as possíveis sanções legais e de responsabilidade social às quais a agência está sujeita.

Torcendo para que episódios como esse não se repitam, a Abap-PB espera que este momento sirva de reflexão e que ajude o mercado paraibano a crescer, se tornando referência em peças criativas e com mensagens positivas à toda sociedade.   

Abap-PB

O que você acha dessa polêmica? Veja também a explicação do responsável pela campanha com a imagem do garoto sírio.

Intervalo/Jornal da Paraíba